(67) 4042-1168

verisol

 

ENVELHECIMENTO:

Dados científicos mostram que a partir dos 30 anos, a diminuição na produção do colágeno pode atingir até 1% ao ano, e aos 50, passa a produzir apenas uma média de 35% do colágeno necessário para o organismo, sendo imprescindível a suplementação. Com o avanço da idade, naturalmente a pele passa a apresentar um importante declínio do colágeno, proteína mais abundante no organismo, que constitui cerca de 30% das proteínas totais do nosso corpo e compõe os tecidos de sustentação, como pele, ossos, tendões e cartilagens. Também é uma das principais proteínas presentes na matriz extracelular, responsável por proporcionar rigidez e jovialidade cutânea. Sua deterioração pode ser visivelmente notada, pelo ressecamento da pele, bem como aparecimento de rugas e flacidez, sensação tátil de ondulações, aparecimento de manchas e alterações no contorno facial. As mulheres são as que mais sofrem com a perda de colágeno, pois apresentam uma quantidade menor desta proteína no organismo, em comparação ao público masculino.

 

 

VERISOL:

Foi desenvolvido pela Gelita uma das maiores fabricantes mundiais de gelatina e colágeno, um alimento funcional inovador de peptídeos bioativos de colágeno com alto grau de pureza e aprovado para consumo humano, obtidos a partir de uma hidrólise específica por uma enzima patenteada, que origina ligações de peptídeos específicos para atuar nas células dérmicas e assim, estimular e restaurar o metabolismo destas células de dentro para fora. Suaviza os sinais do tempo e melhora a elasticidade cutânea, tratando e prevenindo a formação de rugas e linhas de expressão a partir de 4 semanas de uso contínuo. Único colágeno, específico para a pele, com comprovação científica de resultados. Desenvolvido especialmente para auxiliar na redução do volume das rugas periorbitais e no aumento da elasticidade da pele, deixando-a mais bonita e firme por muito mais tempo.

 

MODO DE USAR:

Com base nos estudos de eficácia, são sugeridas as dosagens de 2,5g de VeriSol® diariamente, dose única, ou dividido em dosagens menores ao longo do dia.

 

PROPRIEDADES:

- Específico para pele.

- Melhora significativamente rugas (4 semanas de uso)e restabelece a elasticidade e hidratação cutânea.

- É o único que contém peptídeos bioativos específicos para as células da pele.

- Neutraliza o metabolismo responsável por acelerar o envelhecimento da pele.

- Atua nas camadas mais profundas da pele de dentro para fora.

- Ativo 100% seguro.

- Não alergênico.

- Sem efeitos colaterais.

- Sem interações com outros suplementos e medicamentos.

 

Não existe contra-indicação.

 

MECANISMO DE AÇÃO:

Estudos clínicos demonstram que a suplementação de alimentos funcionais ricos em peptídeos bioativos de colágeno, são digeridos pela colagenase, onde os peptídeos resultantes são quimio-atrativos, a resposta quimiotática de fibroblastos dérmicos promove o aumento da síntese de colágeno e proteoglicanos, melhorando a função de ligação de água da parte mais externa da epiderme, aumentando assim a hidratação, densidade dérmica e impedindo a formação de novas rugas. Tem a capacidade de aumentar a expressão do colágeno tipo I e proteoglicanos envolvidos na formação e sustentação de fibras elásticas dérmicas, ocasionando assim a diminuição da flacidez e melhorando a hidratação e suavidade da pele. Estudos prévios demonstraram que a biodisponibilidade dos peptídeos bioativos específicos de colágeno, podem ser detectados em diferentes órgãos e tecidos conjuntivos após a administração oral.

 

REAÇÕES ADVERSAS:

Não foram relatados efeitos adversos.

 

REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS:

1. Rebello, Tereza. Guia de produtos cosméticos, Ed. 7, Editora Sena, São Paulo, 2008.

2. Choi CP, Kim YI, Lee JW. The effect of narrowband ultraviolet B on the expression of matrix metalloproteinase-1, transforming growth factor-beta1 and type I collagen in human skin fibroblasts. Clin. Exp. Dermatol., 2007, 32: 180-185.

3. Young-Gyu C, Mi-La C, So-Youn M, Ho-Youn K. Type II collagen autoimmunity in a mouse model of human rheumatoid arthritis, Catholic University of Korea, 2007, 7:65-70.

4. Oesser S, Adam M, Babel W, Seifert J. Oral administration of (14)C labeled gelatin hydrolysate leads to na accumulation of radioactivity in cartilage of mice (C57/BL). J. Nutr 1999; 129 p. 1891-5.

5. Watanabe-Kmiyama M, Kamiyama S, et al. Absorption and effectiveness of orally administered low molecular weight collagen hydrolysate in rats. J Agric Food Chem, 2010; 58 835-41.

6. Primavera G. Berardesca E. Clinical and instrumental evaluation of a food supplement in improving skin hydration. Int J Cosmet Sci, 2005; 27 199-204.

7. Rawlings AV, Harding CR. Moisturization ans skin barrier function. Dermatol Ther, 2004; 17 Suppl 1 43-8.

8. Sandilans A, Sutherland C, Irvine AD, McLean WH. Filaggrin in the frontline: role in skin barrier function and disease. J Cell Sci, 2009; 122 1285-94.

9. Cozzolino SMF. Biodisponibilidade de Nutrientes. São Paulo: Ed. Manole, 2005.

10. Dossiê Técnico Gelita. Última atualização: 11/07/2013

Informação adicional: Peso 0.2 kg

Dimensões 10 x 10 x 10 cm

Verisol

30 env., 60 env., 90 env., 120 env.

 Rua Barão do Rio Branco, 1755, Campo Grande / MS

instbiog@terra.com.br

(67) 4042-1168

(67) 98111-9537

Fármacia do Instituto Bioquímico pioneira no mercado magistral desde 1976.

Desenvolvido por:

ENVELHECIMENTO:

Dados científicos mostram que a partir dos 30 anos, a diminuição na produção do colágeno pode atingir até 1% ao ano, e aos 50, passa a produzir apenas uma média de 35% do colágeno necessário para o organismo, sendo imprescindível a suplementação. Com o avanço da idade, naturalmente a pele passa a apresentar um importante declínio do colágeno, proteína mais abundante no organismo, que constitui cerca de 30% das proteínas totais do nosso corpo e compõe os tecidos de sustentação, como pele, ossos, tendões e cartilagens. Também é uma das principais proteínas presentes na matriz extracelular, responsável por proporcionar rigidez e jovialidade cutânea. Sua deterioração pode ser visivelmente notada, pelo ressecamento da pele, bem como aparecimento de rugas e flacidez, sensação tátil de ondulações, aparecimento de manchas e alterações no contorno facial. As mulheres são as que mais sofrem com a perda de colágeno, pois apresentam uma quantidade menor desta proteína no organismo, em comparação ao público masculino.

 

 

VERISOL:

Foi desenvolvido pela Gelita uma das maiores fabricantes mundiais de gelatina e colágeno, um alimento funcional inovador de peptídeos bioativos de colágeno com alto grau de pureza e aprovado para consumo humano, obtidos a partir de uma hidrólise específica por uma enzima patenteada, que origina ligações de peptídeos específicos para atuar nas células dérmicas e assim, estimular e restaurar o metabolismo destas células de dentro para fora. Suaviza os sinais do tempo e melhora a elasticidade cutânea, tratando e prevenindo a formação de rugas e linhas de expressão a partir de 4 semanas de uso contínuo. Único colágeno, específico para a pele, com comprovação científica de resultados. Desenvolvido especialmente para auxiliar na redução do volume das rugas periorbitais e no aumento da elasticidade da pele, deixando-a mais bonita e firme por muito mais tempo.

 

MODO DE USAR:

Com base nos estudos de eficácia, são sugeridas as dosagens de 2,5g de VeriSol® diariamente, dose única, ou dividido em dosagens menores ao longo do dia.

 

PROPRIEDADES:

- Específico para pele.

- Melhora significativamente rugas (4 semanas de uso)e restabelece a elasticidade e hidratação cutânea.

- É o único que contém peptídeos bioativos específicos para as células da pele.

- Neutraliza o metabolismo responsável por acelerar o envelhecimento da pele.

- Atua nas camadas mais profundas da pele de dentro para fora.

- Ativo 100% seguro.

- Não alergênico.

- Sem efeitos colaterais.

- Sem interações com outros suplementos e medicamentos.

 

Não existe contra-indicação.

 

MECANISMO DE AÇÃO:

Estudos clínicos demonstram que a suplementação de alimentos funcionais ricos em peptídeos bioativos de colágeno, são digeridos pela colagenase, onde os peptídeos resultantes são quimio-atrativos, a resposta quimiotática de fibroblastos dérmicos promove o aumento da síntese de colágeno e proteoglicanos, melhorando a função de ligação de água da parte mais externa da epiderme, aumentando assim a hidratação, densidade dérmica e impedindo a formação de novas rugas. Tem a capacidade de aumentar a expressão do colágeno tipo I e proteoglicanos envolvidos na formação e sustentação de fibras elásticas dérmicas, ocasionando assim a diminuição da flacidez e melhorando a hidratação e suavidade da pele. Estudos prévios demonstraram que a biodisponibilidade dos peptídeos bioativos específicos de colágeno, podem ser detectados em diferentes órgãos e tecidos conjuntivos após a administração oral.

 

REAÇÕES ADVERSAS:

Não foram relatados efeitos adversos.

 

REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS:

1. Rebello, Tereza. Guia de produtos cosméticos, Ed. 7, Editora Sena, São Paulo, 2008.

2. Choi CP, Kim YI, Lee JW. The effect of narrowband ultraviolet B on the expression of matrix metalloproteinase-1, transforming growth factor-beta1 and type I collagen in human skin fibroblasts. Clin. Exp. Dermatol., 2007, 32: 180-185.

3. Young-Gyu C, Mi-La C, So-Youn M, Ho-Youn K. Type II collagen autoimmunity in a mouse model of human rheumatoid arthritis, Catholic University of Korea, 2007, 7:65-70.

4. Oesser S, Adam M, Babel W, Seifert J. Oral administration of (14)C labeled gelatin hydrolysate leads to na accumulation of radioactivity in cartilage of mice (C57/BL). J. Nutr 1999; 129 p. 1891-5.

5. Watanabe-Kmiyama M, Kamiyama S, et al. Absorption and effectiveness of orally administered low molecular weight collagen hydrolysate in rats. J Agric Food Chem, 2010; 58 835-41.

6. Primavera G. Berardesca E. Clinical and instrumental evaluation of a food supplement in improving skin hydration. Int J Cosmet Sci, 2005; 27 199-204.

7. Rawlings AV, Harding CR. Moisturization ans skin barrier function. Dermatol Ther, 2004; 17 Suppl 1 43-8.

8. Sandilans A, Sutherland C, Irvine AD, McLean WH. Filaggrin in the frontline: role in skin barrier function and disease. J Cell Sci, 2009; 122 1285-94.

9. Cozzolino SMF. Biodisponibilidade de Nutrientes. São Paulo: Ed. Manole, 2005.

10. Dossiê Técnico Gelita. Última atualização: 11/07/2013